er

er

segunda-feira, 28 de março de 2011

OAB contesta liberação de preso para ir a festa

Chefe operacional da PRF, preso na sexta, deixou Bangu 8 na tarde de sábado e só voltou na manhã de domingo

Paulo Junior

A presidente da turma de ética e disciplina da subsede Bangu da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RJ), Vanuce Candez Barros, acredita que o Ministério Público (MP) irá atuar para derrubar o mérito do habeas corpus que permitiu Vinicius Leandro — chefe operacional da 3a- Delegacia Regional da Polícia Rodoviária Federal, em Angra dos Reis, e um dos presos na Operação Pisca Alerta, da Polícia Federal — ir à festa de aniversário de 15 anos da filha no sábado, em Itaguaí.

— Uma autorização para se ausentar da prisão costuma ser de 20 a 30 minutos, para casos extremos como velório de parentes. Esse caso é inédito e um absurdo — enfatizou Vanuce. Segundo o diretor da 1aturma especializada do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2a- Região, Sandro Viegas, a medida foi deferida sexta-feira à noite por Marcello Granado, juiz de 2a- Instância. O relator e juiz convocado Aluisio Mendes, que usualmente faria o despacho, estava fora do tribunal, cujo expediente termina às 19h. Vinicius Leandro recebeu o benefício menos de 24 horas depois de ser preso.

Ele deixou Bangu 8 às 15h30m do sábado e teria sido escoltado por agentes da PF até Itaguaí. Lá, acompanhou uma sessão de fotos e o baile em comemoração aos 15 anos da filha. Só retornou ao complexo penitenciário às 8h30m de ontem. O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, Marcelo Freixo (PSOL), afirma que a decisão põe em risco a proteção de testemunhas e as fontes da investigação:

— O que chama a atenção foi ele ter ganho o benefício em tão pouco tempo.

Na semana passada, uma senhora de 67 anos ficou detida duas noites em Bangu por protestar contra a vinda de Obama, e ninguém concedeu habeas corpus a ela. Não entendo a liberação sendo o aniversário da filha o motivo. A Justiça deve repensar esses critérios. Vinicius Leandro e os outros oito policiais rodoviários federais detidos na Operação Pisca Alerta são acusados de crimes como advocacia administrativa, inserção de dados falsos no sistema da Polícia Rodoviária Federal, corrupção e formação de quadrilha. ■

domingo, 27 de março de 2011

A DITADURA está de volta !!! Quem atrapalhar ou se meter na frente dos interesses pessoais desses indivíduos será silenciado e eliminado.

Justiça do Rio joga BOMBA na democracia e deixa 13 pessoas presas por causa de Barack Obama



ASSISTA O VÍDEO ATÉ O FINAL.

quarta-feira, 23 de março de 2011

RICARDO GAMA X ESQUADRÃO DA MORTE


RIO DE JANEIRO, SOB O DOMÍNIO DO TERROR.

QUE OS ANJOS DE DEUS, ESTEJAM COM O RICARDO GAMA.

UM HOMEM DE CORAGEM, O RIO SE ORGULHA DE VOCÊ!

Estamos sendo monitorados

terça-feira, 22 de março de 2011

CABRAL PROMETE A OBAMA INSTALAR UPP NA LÍBIA

Após a notícia que o governador Sérgio Cabral prometeu pacificar a Líbia, tropas do ditador Muamar Kdafi, partiram em fuga numa caminhonete para a cidade de Ajdabiya.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Máfia das multas e lombadas eletrônicas fatura R$ 2 bi por ano

É FANTÁSTICO - A GLOBO NOTICIOU A MÁFIA DOS PARDAIS EM QUASE TODO BRASIL, PORQUE O RIO FICOU DE FORA?
NÃO TEM PARDAIS NO RIO, EM TUDO QUANTO É LUGAR, UM EM CIMA DO OUTRO, COM VELOCIDADES DIFERENTES? MAS UMA ARMADILHA!
NÃO EXISTE UM GALPÃO NA RODOVIA WASHINGTON LUÍS EM CAXIAS? NA FACHADA ESTÁ NÃO ESCRITO QUE EM 90 DIAS SEU CARRO SERÁ LEILOADO PELO DONO DO GALPÃO? QUEM AUTORIZA VENDER BENS ALHEIOS? QUAL O PLANO?QUE LIGAÇÃO TEM O PREFEITO, COM O LEILOEIRO, QUE NOSSOS CARROS TEM A VER COM ELES, QUAL O PAPEL DO DETRO NISTO? NÃO EXISTE SERVIÇO PÚBLICO SEM LEGISLAÇÃO VIGENTE: C.F. CADÊ A LEGALIDADE?

video

Leia: Um retrato escandaloso de como funciona a indústria das multas no Brasil. Uma indústria que fatura R$ 2 bilhões por ano.


Leia:
O juiz Luís Felipe Paim Fernandes, da 5ª Vara Criminal de Porto Alegre, decretou a prisão de Paulo Aguiar, servidor do governo do Rio Grande do Sul suspeito de envolvimento com fraude para instalar e operar radares.

domingo, 20 de março de 2011

Protesto contra Obama na Cinelândia


Onze entidades organizaram a manifestação, entre eles o Movimento dos Sem Terra, Conlutas e o Sindicato dos Petroleiros. Eles começaram no Largo do Machado, passando pela Glória até chegar ao Passeio. Segundo o presidente do Sindicato dos Petroleiros, Emanuel Cancela, o combinado era parar assim que encontrassem uma barreira

O presidente do PSTU-RJ, Cyro Garcia, disse que o movimento visa também a exigir a libertação imediata de 13 pessoas detidas na última sexta-feira (18) à noite, no centro da cidade, durante manifestações contra Obama que resultaram em um vigilante ferido por bomba incendiária lançada contra o Consulado dos Estados Unidos.

sexta-feira, 18 de março de 2011

“Obama é persona non grata no país”.


Cerca de 200 representantes do movimento social brasileiro se reuniram na noite da última quarta-feira, na sede do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio (Sindipetro-RJ), para programar protestos contra a visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, à capital carioca. Estiveram presentes lideranças do Cebrapaz, CUT, MST, UNE, Ubes, CTB, Conam, Unegro, entidades sindicais,entre outros.
Ao mesmo tempo em que a Embaixada norte-americana e o governo brasileiro preparam o palanque para a recepção de Barack Obama no país, sindicatos e movimentos sociais preparam uma outra recepção ao presidente. A CSP-Conlutas está convocando protestos no Rio contra a vinda de Obama e o imperialismo norte-americano.

Ao mesmo tempo em que a Embaixada norte-americana e o governo brasileiro preparam o palanque para a recepção de Barack Obama no país, sindicatos e movimentos sociais preparam uma outra recepção ao presidente. A CSP-Conlutas está convocando protestos no Rio contra a vinda de Obama e o imperialismo norte-americano.

A convocação para a organização de atos públicos contra o presidente norte-americano foi aprovada por unanimidade durante a reunião ampliada da Executiva nacional da entidade, realizada nesse dia 15. Estiveram presentes na reunião, além de sindicatos, oposições e movimentos que compõem a CSP-Conlutas, partidos como o PSOL e o PSTU e entidades como o Jubileu Sul.


Por que protestar contra Obama?
As manifestações vão denunciar os interesses do imperialismo norte-americano sobre o petróleo do Pré-Sal, e os acordos que serão assinados com o governo Dilma para entregar o recurso aos EUA. Também serão denunciados os planos de livre comércio entre Brasil e os EUA, que pretendem retomar a ideia da Alca.

Os manifestantes também vão exigir que os EUA não invadam a Líbia e que parem de intervir contra a revolução árabe. Vão ainda protestar contra a ocupação ianque do Iraque e do Afeganistão, assim como exigir a retirada das tropas brasileiras do Haiti, que estão lá a serviço das multinacionais norte-americanas.


Outros estados
Além do Rio, outras cidades terão protestos contra o imperialismo. Em São Paulo, a manifestação será na sexta-feira, 18, na Praça do Ciclista, cruzamento da Avenida Paulista e Rua da Consolação.

Em Belo Horizonte, é o PSTU quem está organizando a manifestação. Além de protestar contra a presença do presidente norte-americano, os companheiros vão defender as revoluções no mundo árabe e exigir a queda do ditador Kadafi na Líbia. O ato será na Praça Sete, a partir das 16h.

Ao chegar ao Brasil, Obama participa de atividades em Brasília. Ativistas estão chamando na internet um protesto na Esplanada dos Ministérios, no sábado, às 10h.


*Com informações da CSP-Conlutas-RJ

Emperradas as obras da nova Maternidade Praça XV

Enquanto as novas instalações não ficam prontas, pacientes padecem com falta de profissionais e estrutura.

Inaugurada há mais de 30 anos, a Maternidade Praça XV foi pioneira em várias propostas político-sociais das últimas três décadas, entre elas um dos primeiros bancos de leite do município, a humanização do parto, com a introdução do curso de gestantes e pais, além do alojamento conjunto. Mas ao longo dos últimos anos, a unidade enfreta problemas com falta de estrutura e de profissionais.

“Há mais de um ano a Maternidade Oswaldo Nazareth, sofre com a falta de pediatras, obstetras e anestesistas, fora os problemas estruturais”, afirma Jorge Darze, presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro. Diante desse déficit, a situação do atendimento materno é grave e ainda segundo Darze, “as mães não conseguem ao menos fazer as seis consultas mínimas do Pré-Natal, segundo estatísticas do SUS”, conclui.

Para a deputada Janira Rocha, membro da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), o que está acontecendo com a Saúde Pública não é por acaso. “É como a Prefeitura está tratando a saúde como um todo”.
Há também falta de 32 pediatras (neonatologistas), 23 obstetras, além de anestesistas, radiologistas e psiquiatras, e carência de outros profissionais de saúde como fisioterapeutas, psicólogos e mais de 20 enfermeiros. Desde junho de 2009, a maternidade tem funcionado com cerca de 70% da sua capacidade em função da redução dos contratos de prestação de serviço terceirizados.
Depois de várias ações do Ministério Público e do pedido de retomada da Marinha do prédio onde funciona a maternidade, na Praça XV, o Governo decidiu levar adiante o projeto de construção de novas instalações, na Rua Moncorvo Filho, ao lado do Hospital Souza Aguiar, iniciado em 2002, ainda no governo César Maia. Mas até hoje não foi concluído.
No últmo mês, a Prefeitura diz ter retomado a obra, mas até agora apenas novos andaimes e placas foram fixados na frente da obra. Nas placas, o valor da obra, orçada em mais e 13 bilhões, e o prazo de conclusão de 12 meses, mas nenhuma informação de que neste valor já esteja incluído o que foi gasto ao longo dos últimos anos.
Em 2010, a RioUrbe, empresa responsável pelas obras públicas municipais, anunciou que retomaria os trabalhos, com previsão de gasatos na casa dos R$ 12 milhões.
Para os moradores do Centro, o governo atual está repetindo os erros dos anteriores. “Toda hora você vê na TV cobrança pelas conclusão da Cidade da Música, mas na Maternidade ninguém fala”, desbafa a moradora Regina Célia de Castro.Parece jogo dos sete erros, mas não é. Alegando ter retomado as obras, Prefeitura colocou andaimes e placas novas, mas a foto menor, feita exatamanete há um ano, mostra que não houve avanço Localização privilegiada e obras paradas
Há mais de oito anos o sonho de ter um hospital maternidade modelo deixa de ser prioridade para o governo.
O terreno onde a construção foi iniciada localiza-se na Rua Moncorvo Filho, ao lado do Hospital Sousa Aguiar. Uma ótima localização junto ao Campo de Santana, Av. Presidente Vargas e Central do Brasil, dispondo de fácil acesso a linha de ônibus, metrô e trens para todos os pontos da cidade. Mas a nova sede da maternidade ainda é um mito.
As instalações grandiosas, de seis mil metros quadrados dariam lugar a 22 enfermarias de quatro leitos, UTI Neonatal, centro obstétrico, ambulatório para atendimento pré e pós parto, e demais dependências, segundo projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, um verdadeiro hospital dos sonhos que ainda não virou realidade. O que foi informado até o momento pela Secretária de Saúde é que as obras, desenvolvidas pela Empresa Rio Urbe, “encontram-se em andamento”.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Deputado Paulo Ramos e a CPI da saúde


Quero parabenizar o DEPUTADO ESTADUAL PAULO RAMOS (PDT) pela CPI da Saúde. Foi criada na Alerj, a Comissão Parlamentar de Inquérito, para investigar a situação da rede de saúde do Estado do Rio de Janeiro, as condições de trabalho dos seus profissionais, as contratações irregulares, o superfaturamento na compra de medicamentos e equipamentos e o derrame de remédios falsos e contrabandeados vendidos por farmácias e possivelmente distribuídos por órgãos públicos.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Rio Grande do Sul - Máfia das multas e lombadas eletrônicas fatura R$ 2 bi por ano

O Fantástico foi até a periferia de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul para documentar uma situação absurda: um edital que está pronto para ser publicado prevê a instalação de uma lombada eletrônica em uma rua de chão batido, onde só passam carroças e bicicletas e onde galinhas dividem espaço com poucos pedestres. O que está por trás desse escândalo? Corrupção.

Fraudes e muitas negociatas. É um retrato escandaloso de como funciona a indústria das multas no Brasil. Uma indústria que fatura R$ 2 bilhões por ano.

A investigação do Fantástico começa em Porto Alegre. Na capital gaúcha, o representante da empresa Engebrás, Marcio Paim Velho, se prepara para negociar a instalação de lombadas eletrônicas e radares fixos, também conhecidos como pardais.

Continue lendo



domingo, 13 de março de 2011

PIRATAS DO RIO DE JANEIRO

PROMETE SER RECORD DE BILHETERIA, GARANTE DESBANCAR TROPA DE ELITE I e II
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DA: SECRETARIA DE SAÚDE DO RIO.(SESDEC)- POLÍCIA
CIVIL DO RIO- SECRETARIA DE ORDEM PÚBLICA DO MUNICÍPIO DO RIO.
PROTAGONISTAS: SÉRGIO CORTES- BELTRAME- ALAN TURNOWSKI - CLAUDICO
FERRAZ - CARLOS DE OLIVEIRA- CÉSAR ROMERO.
EFEITOS ESPECIAIS: PRODUZIDOS NA ROCINHA E COMPLEXO DO ALEMÃO.
PATROCINADORES : NEM DA ROCINHA E ROUPINOL.
APOIO : PREFEITURA DO RIO ( EDUARDO PAES), E GOVERNO DO ESTRADO DO
RIO, (SÉRGIO CABRAL)

1º CAPÍTULO: CONTRATAÇÃO DA TOESA, PARA DESVIO DE VERBAS DA SAÚDE DO
RIO, NA MANUTENÇÃO DE AMBULÂNCIAS.( CORTES )

2º CAPÍTULO: DESVIO DE VERBAS DA PREVI- RIO, PARA UMA REDE DE
RESTAURANTES. (PAES).

3º CAPÍTULO: SUPER FATURAMENTO NA COMPRA DE REMÉDIOS, COM EMPRESAS
FANTASMAS E LARANJAS, COM FILIAL EM SÃO GONÇALO E SEDE NOS USA,
INEXISTENTES. CONTRATANTE O SUB SECRETÁRIO DE SAÚDE E CUNHADO DO
CORTES: CÉSAR ROMERO.

4º CAPÍTULO: PRISÃO DE VÁRIOS PESSOAS, POR ESTAREM FAZENDO
XIXI EM EVENTOS PRODUZIDOS PELA PREFEITURA, UMA ARMADILHA!

5º CAPÍTULO: DESVIO DE VERBAS DO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA
SAÚDE, PARA COOPERATIVAS E ONG'S.( CABRAL )

6º CAPÍTULO: APREENSÃO DE MERCADORIAS COMPRADAS POR CAMELÔS, PARA
TRABALHAREM, SEM FORNECEREM RECIBO DE APREENSÃO PARA RESGATE. ( PAES )

7º CAPÍTULO: EMPRÉSTIMO POR TRAFICANTES A POLICIAIS DE ARMAS E DROGAS,
PARA SIMULAÇÃO DE OPERAÇÃO POLICIAIS, TUDO VIRTUAL. ( CABRAL)

8º CAPÍTULO: A SECRETARIA DE ORDEM PÚBLICA ERA O Q. G. DOS POLICIAIS
BANDIDOS (PAES)

9º CAPÍTULO: OPERAÇÃO PECADO CAPITAL DO M.P. MAIS DE CEM MILHÕES
DESVIADOS DA SAÚDE, PARA COOPERATIVAS DE MILIONÁRIOS.

10º TENTATIVA DE PRIVATIZAREM HOSPITAIS PÚBLICOS DO MUNICÍPIOS PARA AS
ORGANIZAÇÕES SOCIAIS, INCONSTITUCIONAIS.(PAES)

11º FALSO INCÊNDIO NO HOSPITAL ESTADUAL PEDRO II, PARA AFASTAR OS
SERVIDORES ESTATUTÁRIOS, QUE LUTAM PELO PLANO DE CARREIRA E CONCURSOS
PÚBLICOS TAMBÉM DE CARREIRA, O QUE IMPEDE OS CURRAIS ELEITORAIS E
DESVIO DE VERBAS.

12º CAPÍTULO: MUNICIPALIZAÇÃO DO HOSPITAL PEDRO II, IGNORANDO A
PARTICIPAÇÃO DOS CONSELHOS TODOS FORAM CONTRÁRIOS LEI 8142/90.(CABRAL
E PAES)

NÃO PERCAM OS PIRATAS DO CABRAL II

domingo, 6 de março de 2011

sábado, 5 de março de 2011

Secretário Beltrame recebe mais que ministro do Supremo Tribunal Federal



O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, numa flagrante ilegalidade, ganha mensalmente mais do que um ministro do Supremo Tribunal Federal. Beltrame acumula salários, enquanto abafa a corrupção.

sexta-feira, 4 de março de 2011

QUARTETO MARAVILHA



BOM CARNAVAL PARA TODOS!

quinta-feira, 3 de março de 2011

OPERAÇÃO GUILHOTINA



Operação "ESTAMOS DE OLHO".

terça-feira, 1 de março de 2011

A verdade sobre Allan Turnowski e a Operação Guilhotina

Allan Turnowski ganhou a batalha. Conforme nós antecipamos aqui no blog ( Blog do Garotinho ), Allan viajou para o exterior e deixou as fitas gravadas que comprometem mortalmente Cabral, outros aliados políticos, o delegado Cláudio Ferraz e o próprio secretário Beltrame. O recado foi dado: “Se eu cair levo junto comigo todo mundo”.

Tudo que Allan exigiu foi cumprido. O superintendente da Polícia Federal do Rio foi afastado, ou melhor, pediu licença, o delegado responsável pela Operação Guilhotina foi transferido para o Maranhão; e o Ministério Público não aceitou sequer o seu indiciamento, quanto mais sua prisão, que era o que desejava – com base nas provas – o delegado que comandou a ação.

Mas algumas perguntas precisam se feitas:

Como fica o caso da DRACO (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado), cujo delegado, acusado por Allan de envolvimento num esquema de corrupção com as prefeituras, virou subsecretário de Beltrame?

Como ficam as contas no exterior de Allan Turnowski e seu pai, descobertas na Operação BANESTADO, que Beltrame tinha conhecimento desde que o nomeou?

Quem foi o articulador de toda a “operação abafa” nem está no governo Dilma, mas todo mundo sabe, foi Luiz Fernando Côrrea, ex-secretário nacional de Segurança e ex-diretor-geral da Polícia Federal, que é quem dá as cartas na PF, mesmo estando de fora.

Allan Turnowski jogou pesado mandando um recado a Luiz Fernando Corrêa, via Beltrame: “Tenho nas mãos um dossiê que vai complicar a vida do doutor Luis Fernando para o resto do vida”.

No tal dossiê, Allan informou que sabe que o ex-diretor-geral da PF espancou na carceragem da Polícia Federal uma mulher que acabou ficando cega e abriu processo contra ele. Allan foi mais longe, disse que tem nas mãos cópia do processo movido pelo Ministério Público Federal do Paraná, onde Luiz Fernando é acusado de comprar sem licitação mais de R$ 40 milhões em equipamento da empresa DIGITRO.

A situação ficou tão grave, pois abalaria toda a credibilidade da Polícia Federal, que o próprio ex-presidente entrou no circuito para defender o seu ex-diretor da Polícia Federal e ex-secretário nacional de Segurança.


Mais uma vez Cabral e sua turma foram salvos. Mas é uma pena que uma instituição que deveria servir de polícia para defender a sociedade, esteja servindo de polícia política, atendendo a interesses de amigos de quem está no poder.


Blog do Garotinho