er

er

sexta-feira, 16 de março de 2012

Filho de governador do Rio defende liberação da maconha e debate sobre a droga no G20

Após tomar posse como novo presidente da Juventude Nacional do PMDB, Marco Antônio Cabral, 20, filho do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), disse ser favorável à liberação da maconha e defendeu um debate sobre a droga no G20, grupo dos países mais ricos do mundo.

“Eu sou favorável [a liberação da maconha] a nível mundial. Discutir isso internamente no Brasil não adiantaria muita coisa. A liberação da maconha é uma tendência natural. O caminho correto para discutir esse tema seria reunir o G20 e conversar a respeito”, disse em entrevista.

O governo Cabral tem como principal bandeira o combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado nos morros do Rio de Janeiro. Em 2010, durante sabatina Folha/UOL com os candidatos ao governo do Rio, Cabral disse que o tema deveria ser tratado por órgãos internacionais como a OMS (Organização Mundial de Saúde) e a ONU (Organização das Nações Unidas). “Tenho cinco filhos e não desejo que eles usem drogas”, afirmou Cabral.

A posse do filho do governador aconteceu em evento organizado pelo PMDB na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) e contou com a participação de cerca de 500 pessoas, entre elas líderes partidários como o próprio Cabral, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e o senador Roberto Requião (PMDB-PR). O partido não divulgou quanto gastou para promover o encontro, que termina no próximo domingo e foi convocado exclusivamente para oficializar a troca na presidência.

NOTÍCIAS BOL

2 comentários:

  1. Olha que papai reizinho manda te prender.

    ResponderExcluir
  2. De quem é filho só podia sair isso aí...

    ResponderExcluir